Sua Excelência, o Presidente da República nomeou hoje, sob proposta do governo e depois de ouvido o Conselho Superior de Defesa e Segurança, para mais um ano de mandato, nos termos do art. 195.º do Estatuto dos Militares das Forças Armadas:

  • o Major-General Lere Anan Timur, como Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas,
  • o Brigadeiro-General Filomeno da Paixão de Jesus, como Vice-Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas, e
  • o Coronel Falur Rate Laek, como Chefe do Estado Maior das Forças Armadas.

As nomeações produzem efeitos a 06 de Outubro de 2016 data do termo do mandato anterior. E, será prolongado até outubro de 2017.

Na mesma ocasião foram nomeados como Comandantes, respectivamente:

  • da Componente da Força Terrestre: o Tenente-Coronel Marcelino Ximenes, aliás, “Rizai”;
  • Componente da Força Naval Ligeira: o Capitão de Fragata Adão de Brito, aliás, “Jacky”;
  • Componente de Formação e Treino: o Tenente-Coronel Celestino Pinto, aliás, “Daileba”;
  • Componente de Apoio e Serviço: o Tenente-Coronel Benedito Dias Quintas, aliás, “Punu Fanu”.

Sua Excelência, o Presidente da República e Comandante Supremo das Forças Armadas na defesa da coesão e do prestígio das F-FDTL congratula-se com a reposição da legalidade na chefia de topo das F-FDTL, pela qual, aliás, sempre pugnou, depois de alterado o Estatuto dos Militares das Forças Armadas (Decreto-Lei n.º 7/2014, de 12 de Março (Estatuto dos Militares das F-FDTL), na redacção que lhe foi dada pelo Decreto-Lei n.º 28/2016, de 13 de Julho,) e de cumpridas todas as formalidades legais.

Palácio Presidente Nicolau Lobato, 21 de novembro 2016