PRESIDENTE DA REPÚBLICA VAI CONSIDERAR OPINIÃO DA ASSOCIAÇÃO DOS ANTIGOS DEPUTADOS DE TIMOR-LESTE

by Mídia PR Posted on


Palácio Presidencial Nicolau Lobato, Díli, 27 de julho de 2020

Em audiência com o Presidente Francisco Guterres Lú Olo, a Associação dos Antigos Deputados de Timor-Leste propôs que fossem formalmente reconhecidos os 88 membros da Assembleia Constituinte responsáveis pela elaboração da Constituição da RDTL.

Na ocasião, o Presidente da República garantiu que vai tomar a proposta em consideração, mas lembrou que o reconhecimento tem de ser justificado com base num argumento jurídico.

O presidente da Associação dos Antigos Deputados de Timor-Leste, José Nominando Martins “Buras”, pediu ao Chefe de Estado que considerasse a proposta e justificou o pedido de audiência pelo facto de o Chefe de Estado ter sido, além de presidente da Assembleia Constituinte, presidente do Parlamento Nacional na primeira legislatura.

O Presidente Francisco Guterres Lú Olo aproveitou a ocasião para apelar a um trabalho conjunto entre os ex-deputados e o Parlamento Nacional no sentido de ser criada uma comissão responsável por transcrever os factos, valores e intenções que estiveram na base da elaboração da Constituição da RDTL, desde a primeira sessão, para que as próximas gerações saibam interpretar corretamente a constituição.

A Associação dos Antigos Deputados de Timor-Leste manifestou ainda preocupação pelo facto de a mesa parlamentar ter sido destruída, uma vez que é dotada de notável valor histórico porque foi nela que os 88 deputados assinaram a Constituição da RDTL.

Os 88 membros da Assembleia Constituinte, representando 12 partidos políticos, foram eleitos a 3 de agosto de 2001 com a missão de escreverem a Constituição da República Democrática de Timor-Leste. A Assembleia Constituinte foi convertida depois em Parlamento Nacional com 88 deputados na primeira legislatura.

MÉDIA PR.