RUI GOMES DEIXARÁ UMA MARCA MUITO POSITIVA E EXEMPLAR AO PAÍS

by Mídia PR Posted on


Palácio Presidencial Nicolau Lobato, Díli, 23 de novembro de 2020

O Presidente da República, Francisco Guterres Lú Olo, disse que tem “a maior expetativa” de que o Dr. Rui Gomes “deixará uma marca muito positiva e exemplar” ao VIII Governo Constitucional e ao país.

O Chefe de Estado falava na tomada de posse do novo ministro das Finanças, o Dr. Rui Gomes, que decorreu hoje no Palácio Presidencial Nicolau Lobato.

O Presidente da República explicou que aceitou nomear o Dr. Rui Gomes para o cargo por considerar, “com confiança total e esperança”, que o desempenho financeiro e económico do governo e do setor público em geral será significativamente melhorado.

O novo ministro das Finanças iniciou funções imediatamente após a tomada de posse.

Rui Gomes vai exercer o cargo anteriormente ocupado por Fernando Hanjam depois de este ter solicitado a sua exoneração por motivos de saúde. O pedido de exoneração foi aceite através do decreto do Presidente da República n.º 67/2020 com efeitos a partir de 23 de novembro.

No seu discurso, o Presidente da República desejou a Fernando Hanjam uma rápida recuperação para que possa retomar as funções “tão cedo quanto possível”.

A 30 de outubro de 2017, o Presidente da República nomeou e deu posse ao Dr. Rui Gomes como ministro do Plano e das Finanças do VII Governo liderado por Mari Alkatiri. O Chefe de Estado salientou a competência e liderança exemplar demonstrada no exercício do cargo, bem como a sua “gestão eficaz das finanças públicas numa situação difícil e cheia de limitações, em que vigorou, por nove meses, o regime duodecimal”.

S.E. o Presidente disse ainda que o sucesso da nova missão de Rui Gomes dependerá também “do apoio da família direta e de todos quantos o rodeiam no seu dia-a-dia”.
Rui Gomes vai assumir as áreas do planeamento e monitorização anual do orçamento e das finanças públicas, e contribuir para a eficácia, eficiência e efetividade da gestão financeira pública, com impacto na melhoria dos serviços de aprovisionamento, na descentralização financeira, na gestão rigorosa das contas públicas e no crescimento da economia nacional.

O Presidente da República salientou ainda o papel do novo ministro das Finanças na recuperação económica:
“A sua intervenção como Ministro das Finanças na implementação do Plano de Recuperação Económica será certamente acarinhada por todos quantos estão enquadrados nesta nobre missão de mitigar os efeitos da covid-19 a curto-prazo e de contribuir para a recuperação da economia nacional.”

Perante as qualidades profissionais e dedicação extraordinária de Rui Gomes enquanto seu assessor pessoal, o Chefe de Estado está convicto de que o governo vai ganhar “um membro íntegro, dedicado e eficiente”, “um economista interdisciplinar especializado em desenvolvimento, com uma experiência profissional de mais de vinte anos”.

MÉDIA PR.