RUI GOMES TOMA POSSE COMO MINISTRO DAS FINANÇAS A 23 DE NOVEMBRO

by Mídia PR Posted on


Palácio Presidencial Nicolau Lobato, Díli, 17 de novembro de 2020

O Presidente da República Francisco Guterres Lú Olo e o Primeiro-Ministro Taur Matan Ruak marcaram para 23 de novembro a tomada de posse do novo ministro das Finanças, Rui Gomes.

Em declarações à imprensa, Taur Matan Ruak confirmou que o economista Rui Gomes foi nomeado para o cargo de ministro das Finanças e que tomará posse na próxima segunda-feira.

Rui Gomes vai substituir no cargo Fernando Hanjan que tem estado ausente devido a condições de saúde.

Na audiência com o Presidente da República, o Primeiro-Ministro falou sobre questões relacionadas com as cestas básicas que serão atribuídas às famílias e aos operadores económicos e que visam também o aumento da produção nacional, como previsto no Plano de Recuperação Económica. O projeto-piloto das cestas básicas foi lançado em outubro e permitiu perceber a capacidade de mobilização de produtos locais. O projeto será ainda alargado a todos os municípios a partir deste mês.

Segundo o chefe do executivo, o projeto envolve o Ministério da Agricultura e Pescas, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente, o Ministério Coordenador dos Assuntos Económicos, o Ministério do Turismo, Comércio e Indústria, a Secretaria de Estado das Cooperativas e o setor privado.

As cestas básicas são constituídas por bens alimentares essenciais e produtos de higiene ou ainda vales de compras correspondentes aos mesmos bens e no mesmo valor. Esta medida vai envolver produtores agrícolas, operadores comerciais e todos os membros de cada agregado familiar constante do “Livro de Registo de Uma-Kain”, cujo registo tenha sido feito até 11 de maio de 2020.

A cesta básica, no valor de 25 dólares por pessoa por mês, vai ser atribuída nos meses de novembro e dezembro deste ano.

Ainda na audiência com o Chefe de Estado, o Primeiro-Ministro informou-o de que a proposta de Orçamento Geral do Estado para 2021 será debatida na generalidade entre os dias 1 e 3 de dezembro, estando previsto o debate na generalidade para dia 4.

MÉDIA PR.